“ALTE ZACHEN, ALTE ZACHEN!”- POR MARCOS WASSERMAN, DE ISRAEL

Enquanto houver pensadores, filósofos, escritores e vendedores árabes de alte zachen (coisas usadas) em Tel Aviv, sempre haverá uma esperança. Eu não pude acreditar quando ouvi a voz dele proclamando em voz alta, quase cantando, enquanto dirigia a carroça puxada por dois burros, propondo-se a comprar coisas velhas. Uma tradicional propaganda de vendedor em ídiche, […]

COMUNIDADE JUDAICA VÊ COM OTIMISMO AS RELAÇÕES BRASIL-ISRAEL

COMUNIDADE JUDAICA VÊ COM OTIMISMO AS RELAÇÕES BRASIL-ISRAEL

Netanyahu em momento de descontração com o Presidente Bolsonaro e o Embaixador de Israel Yossi Shelley A comunidade judaica brasileira vê com bons olhos a aproximação do novo governo brasileiro com o Estado de Israel. A Conib há anos luta por uma relação bilateral rica e dinâmica, livre de preconceitos, que reconheça Israel como um […]

FLORIANO PESARO ASSUME EM FEVEREIRO A SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – POR GLORINHA COHEN

FLORIANO PESARO ASSUME EM FEVEREIRO A SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – POR GLORINHA COHEN

Terá sob sua égide as políticas de cuidado e amparo com as pessoas em situação de vulnerabilidade, além do repasse de recursos para os estados e municípios por meio do Fundo Nacional de Assistência Social. Sociólogo formado pela USP e nascido em São Paulo no dia 14 de Abril de 1968, pessoa que se destaca […]

EM DEFESA DA LIBERDADE – POR ARNALDO NISKIER

EM DEFESA DA LIBERDADE – POR ARNALDO NISKIER

Ricardo Vélez Rodríguez (novo ministro da Educação) pretende, dentro de sua gestão no MEC, preservar os valores morais ligados à preservação da família e do humanismo. Conheço Ricardo Velez Rodriguez de dois lugares que também frequento: o Conselho Técnico da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e a Escola de Comando […]

TERREMOTO POLÍTICO EM ISRAEL – POR DAVID S. MORAN, DIRETO DE ISRAEL

TERREMOTO POLÍTICO EM ISRAEL – POR DAVID S. MORAN, DIRETO DE ISRAEL

Há duas semanas, quando Netanyahu anunciou a dissolução do Knesset, todos previam que a nova campanha eleitoral seria árdua, acirrada, negativa e suja. Porém, ninguém previu que esta ação causaria um verdadeiro terremoto político. Certamente, nos 3 meses restantes até as eleições, em 9 de abril, teremos mais alguns choques secundários. Geralmente, quando há eleições, […]