LIVROS NOVOS: “JUSTIÇA SEJA FEITA”, BIOGRAFIA DE SYDNEY SANCHES, E “DESCOMPLICANDO INVESTIMENTOS” DE FERNANDO TEMPEL | Glorinha Cohen

LIVROS NOVOS: “JUSTIÇA SEJA FEITA”, BIOGRAFIA DE SYDNEY SANCHES, E “DESCOMPLICANDO INVESTIMENTOS” DE FERNANDO TEMPEL

JUSTIÇA SEJA FEITA, BIOGRAFIA DE SYDNEY SANCHES

301_fique_2_1Livro do jornalista e escritor Ricardo Viveiros lançado pela SESI-SP Editora narra a história do office boy de cartório interiorano que chegou à presidência do Supremo Tribunal Federal


Filho de ferroviário nascido na pequena cidade de Rincão, interior de São Paulo, Sydney Sanches começou a trabalhar aos 11 anos de idade como office boy no cartório local. Em 1984, aos 51 anos, foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O percurso desse menino de família simples que chegou à presidência da mais alta Corte do País entre 1991 e 1993 é narrado, numa linguagem agradável e envolvente, na biografia Justiça seja feita (SESI-SP Editora), de autoria do escritor e jornalista Ricardo Viveiros, lançado dia 27 de outubro em São Paulo.

Já na apresentação do livro, Viveiros se ocupa de esclarecer qual o fio condutor que orientou seu trabalho: “Aqui está contada a trajetória de um homem correto, pleno de boa vontade e sempre determinado a olhar o próximo além de si mesmo. Alguém que observa a vida, reconhece a felicidade de existir e, acima de tudo, busca ser útil à sociedade e ao País”. O conhecimento, a dedicação e o caráter do magistrado, que o autor vai revelando ao longo das páginas com base em histórias ouvidas do biografado e de dezenas de pessoas que com ele conviveram, transformaram Sydney Sanches numa referência e inspiração para seus pares.

Não à toa o prefácio escrito por Ignácio de Loyola Brandão, que conviveu na adolescência com Sydney Sanches (à época apelidado de Cide), em Araraquara, intitula-se “Um exemplo para juízes”.

Sem juridiquês

Nesse texto de abertura, Loyola conta deliciosas passagens da juventude que auxiliam a entender o perfil compenetrado, determinado e responsável de Sydney Sanches que seriam suas marcas ao longo de toda a sua carreira de magistrado. “O que me encantou foi este livro ter sido escrito para ser lido com prazer”, assinala o romancista, ressaltando que “o juridiquês não é utilizado em uma só página”. Loyola também destaca a permanente preocupação do biografado em não cometer erros ou injustiças.

Vale lembrar que Sydney Sanches presidiu o Supremo num dos momentos mais delicados da história recente do País, que foi o impeachment de Fernando Collor de Mello, o primeiro presidente da República eleito pelo voto popular depois da saída dos militares do governo e, também, o primeiro presidente latino-americano a ser afastado do cargo por decisão dos parlamentares. A sessão do Congresso Nacional que levou à saída de Collor foi dirigida por Sydney Sanches, então presidente do STF. A obra traz a verdade sobre a queda constitucional do polêmico presidente da República, além de inéditos bastidores do fato.

No momento em que o Supremo Tribunal Federal está no centro das atenções – a ponto de qualquer pessoa mais informada saber, de memória, o nome de seus onze integrantes – a biografia de Sydney Sanches é uma leitura oportuna. Além de revelar a história improvável de um jovem proveniente de uma família pobre que alcança, por mérito, o mais alto degrau da magistratura, a obra de Ricardo Viveiros permite concluir que ambição e humildade são dois atributos que podem caminhar juntos.

Um episódio que exemplifica essas características do magistrado foi narrado a Viveiros por uma pessoa que participou de encontros que anualmente os ex-alunos da Universidade de São Paulo realizam em Brasília. No início dessa reunião, é habito que cada um informe seu nome, o curso frequentado, ano da formatura e o cargo que ocupa. “Quando chegou sua vez – então presidindo o Supremo Tribunal Federal –, o biografado levantou-se e disse com a pureza que marca sua trajetória: ‘Sydney Sanches, graduado em Direito pela USP na turma de 1958, funcionário do Supremo Tribunal Federal’. Foi demoradamente aplaudido”, conta Viveiros no livro.

Ficha técnica

Título: Justiça seja feita
Autor: Ricardo Viveiros
Editora: SESI-SP
Páginas: 240
Formato: 23cm X 17,2cm
Preço: R$ 68,00

Sobre o autor

Ricardo Viveiros é jornalista e escritor. Foi repórter, editor, diretor de redação, âncora, comentarista político e econômico, colunista e correspondente internacional em destacados veículos das mídias impressa e eletrônica. Autor de 40 livros em diferentes gêneros, tem algumas de suas obras em várias reedições e traduzidas. Lecionou por 25 anos para cursos superiores. Em 1986, Ano Internacional da Paz, recebeu medalha da Organização das Nações Unidas (ONU) por um conjunto de trabalhos na defesa dos direitos humanos.

É presidente da RV&A – Oficina de Comunicação, uma das maiores e mais respeitadas assessorias de imprensa do País. É articulista em jornais e revistas de circulação nacional. Em novembro de 2013, recebeu da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE) o título de Comunicador Empresarial do Ano. É doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie.

Sobre a SESI-SP Editora

A SESI-SP Editora tem o propósito de levar para a sociedade, de forma sistematizada, o conhecimento produzido internamente por suas áreas de atuação, bem como identificar oportunidades editoriais que possam contribuir para o aprimoramento da sociedade como um todo.


“DESCOMPLICANDO INVESTIMENTOS”, DE FERNANDO TEMPEL

301_fique_2_2“Descomplicando investimentos” pretende ensinar o brasileiro a investir de forma eficiente.O analista de investimentos Fernando Tempel apresenta um guia prático, com linguagem acessível e exemplos atuais, para ajudar pessoas comuns a tomarem suas decisões de investimentos.


Informação, inspiração e motivação para ampliar o próprio capital, em “Descomplicando investimentos” Fernando Tempel compartilha uma vivência de mais de 20 anos. “Ninguém ensina o brasileiro a investir. Não aprendemos na escola, e os nossos pais não sabem, de modo que não temos orientação em casa também. No final, ficamos na mão dos agentes do mercado (bancos e corretoras), que aproveitam a nossa ignorância e medo, para nos empurrar produtos muitas vezes caros e ruins. Pretendo ensinar pessoas comuns a investirem o próprio dinheiro, para que obtenham retornos acima da média, sem precisar de recomendações de terceiros e seguros de suas decisões”, afirma Tempel.

Em um momento em que as taxas de juros caem fortemente, o desemprego é elevado e a política dita os rumos da Bolsa de valores, as pessoas têm buscado aprender mais sobre investimentos, de modo a rentabilizar o seu patrimônio, fugir das armadilhas do mercado financeiro e enfrentar a crise. Diante desta realidade, um livro inovador sobre o tema surge como uma ferramenta que pode ajudar milhares de pequenos investidores a enfrentarem as turbulências do mercado e obter maior rentabilidade.

Nas palavras do seu autor, o livro se diferencia do que existe no mercado por algumas características: “utilizo uma metodologia de muito sucesso, mas pouco conhecida no Brasil, o Value investing, a mesma utilizada pelo megainvestidor Warren Buffett. Porém, adaptei a forma de pensar do Value investing para a realidade brasileira atual e aos investimentos disponíveis para pequenos investidores, algo nunca feito anteriormente”.

Ainda falando sobre os diferenciais da obra, o autor diz: “Pensando para pessoas comuns, o livro não utilizar nenhuma fórmula matemática, tendo como base apenas exemplos ou estudos de casos reais”. E ainda complementa dizendo: “Busquei diferenciar o livro dos demais, fazendo forte ligação entre a teoria e a sua aplicação prática”. Um bom exemplo disso é o modelo em que sugere que o investidor monte a sua carteira de acordo com os objetivos que pretende alcançar com os seus investimentos, e não com base em perfis de risco (conservador, moderado e agressivo). Para ele, é importante focar nos problemas particulares de cada investidor. “Com carteiras adequadas aos seus objetivos específicos, o investidor deve obter resultados muito melhores no longo prazo”.

A obra proporciona uma visão total de investimentos, iniciando com aspectos mais teóricos, que devem ajudar o leitor a encarar seus investimentos da forma correta, e depois se aprofunda em questões mais práticas dos investimentos em renda fixa e renda variável, ensinando, por exemplo, como selecionar o melhor Título do Tesouro direto ou o melhor Fundo de ações. E termina ligando a teoria com a prática, ensinando o leitor a planejar os seus investimentos e montar uma carteira diversificada, que deve proporcionar altos retornos com baixo nível de risco.

Sobre o autor:

301_fique_2_3
Formado pela FGV, Fernando Tempel tem mais de 20 anos de experiência profissional tendo atuando no mercado financeiro em bancos de investimentos e fundos de private equity. Também trabalhou em grandes empresas, como executivo ou consultor. É analista de investimentos, associado a Apimec (Associação dos analistas e profissionais de investimentos do mercado de capitais) e detém o certificado CNPI (Certificado nacional de profissional de investimentos), sendo autorizado pela CVM a atuar como analista de valores mobiliários.

Atualmente é diretor de análise de investimentos da Ohr, uma casa de reserach que tem como objetivo atender pequenos investidores e ajudá-los a implementar a metodologia VIB (Value investing Brasil) nos seus próprios investimentos. www.ohri.com.br

“Descomplicando Investimentos – Aprenda a investir para obter retornos maiores e melhores”
Fernando Tempel
Primavera Editorial
392 Páginas
Preço sugerido R$ 49,90