A BUSCA DA QUALIDADE DE VIDA… E ONDE A DANÇA SE ENCAIXA NISTO – POR STELLA AGUIAR | Glorinha Cohen

A BUSCA DA QUALIDADE DE VIDA… E ONDE A DANÇA SE ENCAIXA NISTO – POR STELLA AGUIAR

314_saude_1_1A dança é uma atividade que envolve o indivíduo de forma global, nos aspectos físicos, psicológicos e sociais, podendo ser praticada regularmente, prevenindo o sedentarismo e aumentando a qualidade de vida das pessoas.

Qualidade de vida pode ser medida pelo grau de satisfação encontrado na vida familiar, amorosa, social e ambiental. Está relacionada à auto-estima e ao bem-estar pessoal e abrange uma série de aspectos como a capacidade funcional, o nível sócio econômico, o estado emocional, a interação social, a atividade intelectual, o suporte familiar, saúde, os valores culturais, éticos e a religiosidade, o estilo de vida, a satisfação com o emprego e/ou com atividades diárias e o ambiente em que se vive.

EQUILIBRIO

Para se obter uma boa qualidade de vida é necessário primeiramente que o indivíduo esteja bem consigo mesmo, com a vida, com as pessoas que o cercam, isto é, estar em equilíbrio. Equilíbrio este que diz respeito ao controle sobre aquilo que acontece à sua volta. Deve-se procurar manter hábitos saudáveis, cuidar bem do corpo, ter tempo para o lazer e vários outros hábitos que tenham boas conseqüências, como usar o bom humor para lidar com situações de stress, definir objetivos de vida e sentir que tem controle sobre a sua vida, podendo ser esse o mais importante.

POR QUE DANÇAR?

314_saude_1_2A dança é uma atividade que envolve o indivíduo de forma global, nos aspectos físicos, psicológicos e sociais, podendo ser praticada regularmente, prevenindo o sedentarismo e aumentando a qualidade de vida das pessoas.

Considerando que a dança é uma atividade que envolve os três domínios da natureza humana (fisiológica, afetiva e cognitiva), pessoa que pratica a dança começa a romper padrões de comportamentos, preconceitos hierárquicos, posturas físicas e psicológicas rígidas, as dificuldades e os empecilhos vão diminuindo e desaparecendo, quebrando assim o preconceito e a idéia de que as pessoas não possuem a capacidade de entrosamento.

Após alguns meses participando da dança, a postura do praticante, no sentindo de como enfrentar a vida, se torna diferente. Os alunos ficam mais desinibidos, mais confiantes e sociáveis, existe uma superação de desafios, modificações corporais e emocionais, proporcionando uma melhora do raciocínio, criatividade, socialização, integração, diminuição do stress e melhor aceitação às mudanças.

SOBRE STELLA AGUIAR

Quem é Stella Aguiar? Uma apaixonada pela dança, ou melhor, pela arte de ensinar a dançar.

Arquiteta e designer formada pela USP, iniciou-se na Dança de Salão com Madame Poças Leitão, com quem estudou e trabalhou até 1989. Madame foi uma das primeiras professoras de dança de salão do Brasil, contemporânea à Maria Antonieta, a grande mestra da dança no RJ.

Em 1990 iniciou sua carreira solo na dança, sendo a primeira profissional a introduzir o conceito de Academia Itinerante, dando aulas em clubes, empresas e condomínios por toda a cidade de São Paulo, tendo como clientes, Hospital Albert Einstein, A Hebraica, São Paulo Futebol Clube, Clube Círculo Militar de SP, Pricewaterhouse Coopers, entre outros.

Em 1997 fundou sua Escola, o Núcleo de Dança Stella Aguiar, em Moema, introduzindo cursos de dança em todas as modalidades. Hoje “Stella Aguiar” é uma marca sólida e muito conceituada no ensino da dança. Seu amplo e especializado corpo de professores é o grande responsável por este sucesso, fornecendo ao aluno informação e formação de qualidade, somada ao prazer da descoberta e uma formidável fonte de diversão.

Atua como Palestrante e facilitadora de Vivências para o mundo corporativo, onde usa a dança para desenvolver habilidades como parceria, criatividade, liderança, cooperação e muitas outras, tão importantes no ambiente de trabalho. Entre seus clientes temos a P&G, Volvo, Einstein, M&G Fibras.

Atualiza-se constantemente participando de congressos e fazendo aulas com os grandes mestres da Dança de Salão. Preocupa-se como o desenvolvimento e pluralidade de conhecimentos complementares à atividade, como a PNL, fisiologia do movimento, qualidade de vida e administração de alunos. Atua como jurada em festivais, programas de TV e eventos de Dança de Salão. Fez parte da comissão técnica da Federação de Dança de SP e da comissão de visibilidade da Dança de Salão da mesma Federação. Foi palestrante convidada na UNIP e na ETEC – Escola Técnica em Dança, ministrando o curso “A NEUROLINGUÍSTICA NA DIDÁTICA DA DANÇA”. Na mídia televisiva esteve presente em programas como: Altas Horas (Globo), Vídeo Show (Globo), Programa “Hoje em Dia – Reality Dance” (Record), SPTV (Globo), Programa Mullheres (TV Mulher), TV Mundi, TV Orkut.