EXPOSIÇÃO “A TERRA SANTA CONTADA ATRAVÉS DA FILATELIA”

317_fique_3_1Com entrada gratuita, a mostra é composta por selos postais do colecionador Marcos Chusyd

Memorial da Imigração Judaica, que reúne um acervo exclusivo que conta a história dos judeus no Brasil, inaugurou exposição inédita de selos antigos e contemporâneos com cenas bíblicas que relatam a epopéia do povo de Israel. Com entrada gratuita, a mostra “A Terra Santa Contada Através da Filatelia” possui aproximadamente 160 folhas, compostas em 16 quadros do filatelista Marcos Chusyd, um dos maiores colecionadores do Brasil.

Os selos postais contam a história de Israel desde a criação até o Estado Moderno no ano de 48, com selos Otomanos, que dominavam toda a região de Israel e das agências postais internacionais que atuaram independentes na Palestina como França, Inglaterra, Alemanha, Áustria, Itália e Rússia.

317_fique_3_2Para Chusyd, através da filatelia é possível explicar a história compreendendo as transformações que um país passa e sua evolução. “A filatelia não tem apenas uma finalidade postal, mas também de apresentar a cultura, arte, história, conhecimento de cada nação, além de permitir um intercâmbio entre pessoas de varias nacionalidades, religião e cultura”, comenta o filatelista.

Sobre Marcos Chusyd

O colecionador brasileiro, Marcos Chusyd, é um dos maiores do Brasil, tendo conquistado duas Medalhas de Ouro com sua coleção “Casa da Moeda 1881-1888″, em 2008 e “D. Pedro II”, em 1998. Chusyd possui uma ampla coleção de selos postais, que guarda desde os 10 anos.

Serviço:
Exposição: A Terra Santa Contada Através da Filatelia
Data: até 20 de julho
Local: Memorial da Imigração Judaica e do Holocausto
Endereço: Rua da Graça, 160 – Bom Retiro/ Centro
Telefone: (11) 3331- 4507
Site: http://memij.com.br/