COLOCANDO A CULPA NOS OUTROS – RAV EFRAIM BIRBOJM

341_historia_1_1Às vezes procuramos o problema nos outros quando, na verdade, o problema está em nós mesmos. É mais fácil trocar de óculos do que mudar o mundo inteiro.


No Japão vivia o Sr. Hiroshi, um homem muito rico. Tudo o que ele queria era viver feliz e aproveitar o dinheiro que tinha conseguido juntar com muitos anos de trabalho. Porém, certo dia, o Sr. Hiroshi começou a sentir uma dor aguda nos olhos, como se algo os estivesse perfurando. Ele procurou os melhores médicos, mas ninguém encontrava uma cura para a sua doença. Um dia, um amigo aproximou-se dele e disse:

- Há um rabino em uma aldeia vizinha. Ouvi dizer que ele é muito sábio e faz até mesmo milagres. Vá até ele e, quem sabe, conseguirá um milagre para curar os seus olhos.

O Sr. Hiroshi foi até o rabino e contou-lhe sobre a sua doença. O rabino disse a ele:

- Eu tenho uma cura para a sua doença, é um remédio barato e simples. Para que seus olhos voltem a ser saudáveis, você deve ver tudo apenas na cor verde.

O Sr. Hiroshi estranhou o ensinamento. Não fazia nenhum sentido curar os olhos daquela maneira. Porém, não tinha nada a perder, já que nenhum tratamento havia funcionado. Voltou para casa e imediatamente começou a trocar tudo por móveis verdes. Também pintou as paredes, mudou o piso e, depois de alguns meses, toda a sua casa estava completamente verde. Até seus funcionários tiveram que trocar suas roupas e pintar seus rostos de verde. Porém, certo dia, o Sr. Hiroshi pediu para chamar o rabino. Quando ele entrou, o Sr. Hiroshi disse:

- Rabino, graças a D’us me sinto ótimo. Agradeço muito, pois seu remédio funcionou bem. Só não entendi porque você me disse que era um remédio barato. Está me custando uma fortuna mudar tudo para a cor verde!

- Meu remédio é barato e simples, conforme eu lhe ensinei – disse o rabino, com humildade. Mas, ao invés de tentar mudar o mundo inteiro para verde, era só você ter usado um óculos com lentes verdes”.

Às vezes procuramos o problema nos outros quando, na verdade, o problema está em nós mesmos. É mais fácil trocar de óculos do que mudar o mundo inteiro.


RAV EFRAIM BIRBOJM – Mestre em Engenharia pela Escola Politécnica da USP, começou seu processo de Teshuvá (retorno ao judaísmo) aos 25 anos, através da Instituição “Binyan Olam”. Saiba mais.

Email: efraimbirbojm@gmail.com