RECONHECER O QUE RECEBEMOS – RAV EFRAIM BIRBOJM

355_história_2_1Quantas coisas boas recebemos na vida e não agradecemos a D’us. Será que sabemos dar valor para as coisas pequenas do cotidiano, como o ar que respiramos? Sabemos dar valor para a Torá e suas Mitzvót, que nos conectam com a espiritualidade e nos permitem crescer um pouco mais a cada dia?


“Um senhor de 80 anos estava se sentindo mal, com muita falta de ar. Seus filhos, muito preocupados, o levaram para um dos melhores hospitais da cidade, para que recebesse o melhor atendimento. Ainda sem nenhum diagnóstico, ele foi internado para que os médicos pudessem fazer diversos exames. Enquanto aguardavam, passou a noite recebendo oxigênio puro, para melhorar sua falta de ar.

No dia seguinte, quando os resultados ficaram prontos, o médico ficou aliviado. Não era nada grave, apenas o início de uma pneumonia, algo que seria resolvido com alguns dias de descanso em casa e antibiótico. O médico então deu alta ao paciente. Quando o velhinho estava saindo, recebeu a conta do hospital: R$ 10 mil. Ao olhar para o papel, o velhinho começou a chorar. O médico se comoveu e tentou consolá-lo. Disse ao velhinho que o mais importante era que ele estava bem de saúde. O velhinho, enxugando as lágrimas, disse:

- Eu não estou chorando pelos R$ 10 mil. Estou chorando pois, há 80 anos, recebo oxigênio constantemente de D’us e nunca paguei nada. Se por uma noite no hospital eu preciso pagar R$ 10 mil, quanto eu devo para D’us?

O médico, ao escutar aquelas palavras, levantou-se e chorou junto com o velhinho…”

Quantas coisas boas recebemos na vida e não agradecemos a D’us. Será que sabemos dar valor para as coisas pequenas do cotidiano, como o ar que respiramos? Sabemos dar valor para a Torá e suas Mitzvót, que nos conectam com a espiritualidade e nos permitem crescer um pouco mais a cada dia?


RAV EFRAIM BIRBOJM – Mestre em Engenharia pela Escola Politécnica da USP, começou seu processo de Teshuvá (retorno ao judaísmo) aos 25 anos, através da Instituição “Binyan Olam”. Saiba mais.

Email: efraimbirbojm@gmail.com