Amor sem distinções – Rabino Nissim Katri

A mitzvá é amar qualquer pessoa, não apenas um amigo do peito.

A Torá exige que a pessoa trabalhe consigo mesma para desenvolver sentimentos positivos

até mesmo com alguém por quem ela tem rancor.

Qual é a verdadeira perspectiva da Torá?

Um sábio contou a Rabi Yehoshua Leib Diskin sobre uma fraternidade secreta, onde cada membro se comprometia a vir ao auxilio de cada membro do grupo em momentos de necessidade e perguntou o que ele achava sobre tal grupo.

“Que diferença faz o que eu acho sobre isso?” Rabi Yehoshua Leib perguntou.

“Eu penso que é uma ideia excelente!” disse o rabino. “Assim, cumprimos a mitzvá ‘ame ao próximo como a ti mesmo’”.

Rabi Yehoshua Leib ficou visivelmente chateado.

“Você chama isso de ame a seu próximo?”, ele disse. “Isto é nada menos que amor próprio. A mitzvá é amar qualquer pessoa, não apenas um amigo do peito. A Torá exige que a pessoa trabalhe consigo mesma para desenvolver sentimentos positivos até mesmo com alguém por quem ela tem rancor. Este grupo é: você faz por mim e eu vou fazer por você. Isto é a antítese da Torá, e é proibido participar de tal grupo”.

Como devemos ser cuidadosos! Aquilo que podemos pensar ser uma mitzvá pode ser exatamente o oposto.


RABINO NISSIM KATRI

RABINO NISSIM KATRI – É emissário do Rebe de Lubavitch e diretor do Beit Chabad de Belo Horizonte/MG. . Foi dos primeiros rabinos a serem ordenados no Brasil. Saiba mais.

www.chabadbhz.com.br

Facebook20
Share
Instagram20
WhatsApp20