ANDREE GUITTCIS, UM BRASILEIRO QUE SE DESTACA EM NY – GLORINHA COHEN

193_especial_1.1

Dizem que “qualquer artista pode ter uma brilhante carreira, mas que somente é reconhecido e reverenciado após ter seu nome em evidência na Big Apple”. E o brasileiro e designer de jóias  Andree Guittcis pode muito bem se orgulhar, pois entrou para este seleto mundo  no último dia 25 de julho, ao ter sido escolhido para representar o Brasil na exposição  “The Story of the Creative” –  #SOTC2013 @seemecommunity – aberta ao público até o dia 10 de setembro na fundação Orensanz, um dos locais mais requintados em Nova York.

O pernambucano foi um dos 100 selecionados dentre os 700.000 membros da See Me, promotora do evento, que é o maior projeto artístico da atualidade. A  mostra  apresenta uma seleção de obras de seus membros, representando mais de 100 nações diferentes. Esta preciosa coleção de trabalho expõe um leque diversificado de meios, estilos, influências einspirações, incluindo escultura, trabalhos em papel e jóias, dentre outros.

193_especial_1.2

“A joia escolhida foi “Galáxia”  (foto de Lailson Santos),  onde a minha  fonte de inspiração foi o comportamento do homem na atualidade. E assim expressei em um contexto na jóia, através da técnica e da lapidação, para criar a obra e o design que sugere o comportamento do homem na vida, como ele é na atualidade”, diz Andree. E completa: “Ela  foi feita  em ouro branco e colorido, com peças da Larimar Esmeraldas e Brilhantes  e pode ser usada em quatro diferentes opções, sendo anel, pingente, colar e broche”.

193_especial_1.3

Pulseira reversível (colar, tiara ou pulseira) em fibra óptica, ouro branco e diamantes, premiada com Honra ao Mérito em Tóquio, em  1998 (foto de Marcelo Lerner)

Esta é a primeira vez que Andree faz parte deste tipo de evento, mas não é de agora que ele recebe prêmios pelo mundo afora,  pela beleza e criatividade de suas jóias. Foram quatro  prêmios internacionais, sendo dois “Diamond International Awards” o Oscar mundial da joalheria, Honra ao Mérito em concurso de design em Tóquio, em 1998,  e a Medalha de Vermeil pela Academie Française de Arts Science et Lettres de Paris no ano 2011. Em 2012 recebeu o título de Embaixador das Artes da Divine Academie no Rio de Janeiro. Isto apenas para citar algumas das honrarias abiscoitadas por esse artista ao longo de seus 30 anos de carreira.

193_especial_1.4

Andree foi ainda o criador, em 1994,  da primeira joia 3D do planeta, que inseriu o Brasil na história da joalheria mundial. No mais, o designer Guittcis busca o inusitado criando peças  de múltiplos usos, utilizando materiais inovadores e recriando lapidações de gemas para valorizar suas joias.

Atualmente  residindo em Nova York, Andree Guittcis  divide seu tempo entre a carreira de design de joias, além de escrever para a Revista Estação Aeroporto sobre sua área. Tem como hobby a fotografia e a atuação, e é também diretor de criação e participante de um projeto por ele idealizado e que pode ser visto através do site  www.nosferatuageimage .

193_especial_1.5

Nosferatu: o personagem que atrai curiosos por toda NYC jogando sinuca

“E assim caminho por importantes lugares turísticos de NYC, levando o personagem de um curta que fiz em 2004 e que ficou conhecido internacionalmente por ser uma sátira do cinema onde um vampiro, o “Nosferatu Judeu”,  encontra-se aprisionado… sim,  além de me divertir bastante com o assédio das pessoas, divulgo o curta e crio joias para o público vampiresco,  além de sempre estar postando assuntos culturais de interesse”, diz ele, cônscio do lugar importante que desfruta entre os brasileiros bem sucedidos que habitam a “Big Apple”.


Sobre a See Me

See Me  www.see.me  – é especializada no fornecimento de perfis on-line que os artistas podem usar para exibir, promover e obter apoio para seu trabalho. O site atende a artistas, fotógrafos, músicos, designers e entusiastas criativos. Os usuários são incentivados a compartilhar seu trabalho e mostrar o apoio para colegas criativos, a fim de construir redes mutuamente benéficas. Apesar do fato de que See.me não representa artistas especificados, a organização tem um espaço da galeria em Long Island City, Nova York, onde eles apresentamregularmente o trabalho dos membros do site, normalmente os vencedores da competição.

A organização opera um número de competições anuais oferecendo prêmios de grande escala. Modelo de negócio, See Me  é uma mistura de serviços gratuitos e pagos, estes  acompanhados por regalias e benefícios adicionais. A maioria das competições são presididas por um painel de juízes renomados. See Me é considerado um pioneiro das artes com foco mídias sociais.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/See.me

Facebook20
Share
Instagram20
WhatsApp20