AVC – ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

321_saude_3_1O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma complicação que ocorre no cérebro quando há o entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue a este órgão. Tal entupimento ocasiona a supressão da circulação sanguínea na região, e pode ocorrer em duas formas: isquêmico ou hemorrágico.


Neste artigo:

- O que é
- Sintomas e fatores de risco
- Tratamento
- Prevenção
- Referências

O que é

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma complicação que ocorre no cérebro quando há o entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue a este órgão. Tal entupimento ocasiona a supressão da circulação sanguínea na região, e pode ocorrer em duas formas: isquêmico ou hemorrágico.

O AVC Isquêmico é ocasionado por uma obstrução, ou seja, algum fator provoca um entupimento das veias cerebrais, impedindo o fornecimento de sangue. O AVC Hemorrágico, popularmente conhecido por derrame, por sua vez, ocorre quando um vaso sanguíneo se rompe, causando um sangramento no cérebro.

Sintomas e fatores de risco

Na maior parte dos casos, o AVC apresenta sintomas característicos, como a diminuição ou perda repentina de força na face, braço ou perna, normalmente em um só lado do corpo; perda súbita de visão; alterações na fala; sensação de formigamento na face e membros; dor de cabeça súbita e intensa sem causa aparente; instabilidade, vertigem e desequilíbrio associado a náuseas e vômitos.

Entre os principais fatores de risco para a doença estão: sedentarismo; consumo de bebidas alcoólicas; tabagismo; uso de pílulas anticoncepcionais; dieta rica em gorduras; estresse; e doenças como hipertensão e diabetes.

Tratamento

O tratamento para o AVC deve ser imediato e varia conforme o caso, podendo ser cirúrgico ou medicamentoso, utilizando-se anticoagulantes. Como a grande maioria dos pacientes acometidos por um AVC sofre sequelas, o tratamento dispendido a ele deve ser multidisciplinar, envolvendo fisioterapeutas, psicólogos, médicos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais, no intuito de melhorar sua qualidade de vida.

Prevenção

A prevenção do AVC consiste na manutenção de um estilo de vida saudável, evitando o consumo de gorduras e álcool, o sedentarismo e o tabagismo. Pessoas com diabetes e problemas de hipertensão devem ter cuidado redobrado, buscando sempre orientação médica e mantendo a doença sob controle.

Referências

- Academia Brasileira de Neurologia
– Associação AVC
– Sociedade Brasileira de Neurologia

Veja também


www.boasaude.com.br